Um Post de merda num blog não menos castanho!

Cagar é bom. Isto é uma verdade universal. Mas, algumas pessoas não disfrutam da plenitude do acto de arrear o castanho, devido a problemas intestinais ou a um uso excessivo do términus digestivo para fins sexuais. Para alguns, o cagar é precedido e acompanhado por dores e suores. Para outros, cagar é como sentir um ventinho ao fundo da espinha. Sai de rachada.

A essa gente, deixo os meus pêsames num abraço sentido. No fundo, são pessoas incompletas, que nunca vão conhecer o seu verdadeiro eu. Cagar mal tem graves consequências comportamentais (já para não falar das físicas), que se reflectem no dia-a-dia. Sabem o cabrão azedo do café, que rabucha se pedimos para aquecer mais a tosta? Caga mal. A chata da vizinha de cima que não pára de se queixar do barulho da TV, mesmo que esteja desligada? Caga mal. Todos os porteiros de discoteca? Cagam mal.

Aqueles que tem dores a cagar, por favor, continuem a ler. isto pode salvar-vos a vida. Para os cus onde abunda o vento e escasseia a retenção, apenas posso aconselhar comer mais coisas por ingestão oral e não anal.

Bem, vocês sofrem porque o vosso corpo não está para merdas. A digestão não é a correcta. Comem poucos cereais e fruta…os dejectos tornam-se veículos longos que extravasam as medidas da vossa via rápida. Por outras palavras, são CÃOGALHÕES. Quando estão a sair, parece que mordem por dentro. Quando saem, até apetece uivar. O meu conselho é muito simples…para além de uma alimentação adequada, levem os vossos CÃOGALHÕES a passear. Vistam o fato de treino ou agarrem na BMX, e assapem que nem loucos. Passados 10 minutos, o CÃOGALHÃO está domesticado e pronto para sair.

Anúncios

9 comentários a “Um Post de merda num blog não menos castanho!

  1. caro sócio desta nossa sanita da qual fazemos um circo de merdas: agora que li o post achei piada! lol mais ninguem vai achar…mas eu achei! domesticar o cagalhão?! Quando eles se revoltam…não há nada a fazer! E quando começam a gritar não há quem os cale!

  2. MEU CARO TEDDY NUNCA DEIXES DE SER ESSE URSO COM PIADA KE ÉS , fizeste aki uma bela dissertação acerca do CAGAR , esqueceste-te porém dakeles ke usam o CÃOGALHÃO como yo-yo com o fim de obter akele prazer secreto o xamado prazer de Merda , mas pronto não podemos exigir demais ,gostei deste poético texto

  3. Chaparro, tens razão. Esqueci-me do Cagalhão enquanto um brinquedo lúdico. O cãogalhão yo-yo, o cãogalhão Splash (aquele ao qual atribuimos pontos em função do número de pingas que saltam para as bordas) e tantos outros. Enfim, não se pode pensar em tudo.

  4. Dói-me a barriga…mas não é da vontade de cagar, é por me rir tanto cada vez que venho aqui. Esta dissertação sobre cagar está linda. Isto é quase uma tese de mestrado ou doutoramento em merda.
    Se quiseres aprofundar ou melhorar posso ajudar na parte da alimentação e como ela contribui para terem bons caogalhões, Acho que a domesticação do caogalhão começaria por aí. Uns biscoitos com muita fibra para cada vez que ele se porta bem e não morde.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s